Logo
Plantio Direto

Agricultura
Tecnologia
Informação

Área do assinante

ASSINE LOGIN
ATENDIMENTO
VIA CHAT
(54) 3311-1235

RevistaNOTÍCIAS

Dourados vai sediar evento sobre Sistema de Plantio Direto (SPD) em 2020
Data de publicação

27
Setembro
2019

Dourados vai sediar evento sobre Sistema de Plantio Direto (SPD) em 2020

Por Christiane Congro Comas (Embrapa Agropecuária Oeste) e Stella Adriana Zanchett (Assessoria de Imprensa UFGD)

Durante a Solenidade de lançamento do 17º Encontro Nacional de Plantio Direto (ENPDP), que aconteceu na segunda-feira, 23 de setembro, na sede da Reitoria da Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD, foi enfatizado a relevância do Sistema da Plantio Direto (SPD) que é considerado uma das tecnologias mais importantes de sustentação da agricultura brasileira. O ENPDP acontecerá em Dourados, entre os dias 28 a 30 de julho de 2020, e terá como tema central: "Sistema Plantio Direto: Base para Agricultura Sustentável".

 

Aumento da interação das propriedades químicas, físicas e biológicas do solo no SPD; estratégias de diversificação econômicas e rotação de culturas; desafios e oportunidades para o SPD nas novas fronteiras agrícolas, e manejo biológico no sistema. São estes os temas centrais que nortearão os trabalhos da próxima edição do evento, informou o presidente da Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação (FEBRAPDP), Jônadan Ma.

 

O Chefe Geral da Embrapa Agropecuária Oeste, Guilherme Lafourcade Asmus, participou da solenidade de lançamento e destacou a importância da adoção de sistemas mais amigáveis de produção, que segundo ele estará cada vez mais nas pautas econômicas dos países importadores das commodities.

 

“Temos convicção de que será crescente o enfoque na questão da sustentabilidade agrícola como fator de troca entre as transações globais. Nesse contexto, a agricultura ou a sustentabilidade da agricultura passa obrigatoriamente pelos sistemas mais diversificados e integrados de produção. E o Sistema Plantio Direto é um dos sustentáculos da diversificação e da agricultura sustentável. O evento vai ajudar muito na missão de reforçar, não só na dimensão ambiental, mas, mais do que nunca, nas dimensões econômica e social como o Plantio Direto contribui para a sustentabilidade da agricultura”, afirmou ele. Asmus destacou a relevância do evento que enfatiza a questão da construção de perfil do solo e do equilíbrio entre os atributos físicos, químicos e biológicos.

 

Durante a solenidade foi realizada uma mesa redonda sobre as contribuições do evento para o futuro da agricultura sustentável em MS e nos biomas Cerrado e Pantanal.  Participaram da mesa o Chefe Geral da Embrapa Agropecuária Oeste, Guilherme Lafourcade Asmus; o diretor-executivo da Fundação MS, Alex Melotto; o presidente da Aprosoja/MS, André Dobashi; o presidente da Famasul, Maurício Koji Saito.

 

Programação - No ano que vem durante o evento, os participantes poderão visitar a Fazenda Experimental de Ciências Agrárias da UFGD e por meio de quatro estações, especialmente planejadas para o evento, poderão conhecer melhor o SPD. O público estimado para o 17º ENPDP é de 800 a mil participantes, e, pela quarta edição consecutiva, é escolhida para sediar o evento uma cidade que pertence ao Bioma Cerrado.

 

O evento é promovido pela Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação (FEBRAPDP) e, nesta edição, realizado pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Embrapa Agropecuária Oeste, Fundação MS e Sindicato Rural de Dourados, com o apoio da FAMASUL, CREA, CONFEA, Grupo Plantio na Palha de Dourados (GPP), Prefeitura Municipal de Dourados, SICREDI, Cooperativas e outras importantes instituições da região e do Estado do MS.

 

Para mais informações acesse o site do evento: https://febrapdp.org.br/enpdp

Enviando

Carregando...