Logo
Plantio Direto

Agricultura
Tecnologia
Informação

Área do assinante

ASSINE LOGIN
ATENDIMENTO
VIA CHAT
(54) 3311-1235

RevistaNOTÍCIAS

Data de publicação

06
Agosto
2018

1,45 M ha foram semeados com trigo na região central da Argentina

Por Bolsa de Comércio de Rosário; Tradução e adaptação: Equipe Mais Soja

 

Aumento de área e chuva para o trigo

 

Com o aumento da área de trigo semeada, a estimativa para cultura foi reajustada, ficando em torno de  1,45 milhões ha. É um bom ano para o trigo, muitos fatores conspiram a favor: preços, a possibilidade de usar a melhor tecnologia disponível e as boas reservas de água com as quais o ciclo começou.

 

Novas contribuições de água são adicionadas semana a semana e as marcas térmicas de inverno estão abaixo das médias históricas. Nas últimas 24 horas houve novas chuvas. São chuvas fracas, mas muito persistentes como aconteceu no resto da semana. Esses eventos se concentraram no norte de Buenos Aires e desta forma, as reservas de água dos horizontes superficiais do solo foram reforçadas. No entanto,  o mesmo não aconteceu no leste de Córdoba, onde o nível de reserva é regular.

 

Saiba mais sobre o I Congresso online para aumento da produtividade de soja!

 

O milho precoce é consolidado e a soja recua

 

A área destinada a cultura de soja vai ser importante, mas nesta safra o milho também ganha protagonismo:  os números são muito bons para o milho este ano: uma intenção de  semeadura de milho de 1,17 M ha já está calculada , 17% a mais que no ano passado. Alguns problemas com a qualidade da semente de soja começam a ser detectados neste ano, enquanto os produtores analisam como o negócio da soja está sob arrendamento.

 

Levando em conta que o rendimento de indiferença na soja passa de 53  a 63 sc/ha,dependendo da tecnologia aplicada e dos gastos com herbicidas que são necessários em cada lote.  Dessa forma, a primeira soja sofreria um declínio significativo da ordem de 500 mil ha.

 

Milho de dezembro na corda bamba

 

Previsões de chuva para setembro e projeções de um fenômeno El Niño de baixa intensidade para os meses de verão favorecem o início dos cereais . Além disso, as culturas de milho de final e segunda temporada da temporada 2017/18 não produziram os resultados esperados. Com um progresso de colheita acima de 95% da área, os rendimentos tiveram uma média de 100 sc/ ha; muito longe dos 80 quintais da campanha anterior. No momento do planejamento, há  muito poucos produtores que repetirão o milho em dezembro e as projeções de sua superfície estão em dúvida.

 

Disponível em: http://maissoja.com.br/145-m-ha-foram-semeados-com-trigo-na-regiao-central-da-argentina/

 

Enviando

Carregando...